MENU

NORMAS

Fique por dentro das Normas Técnicas

  • FECO-D-05 COD - Centro de Operação da Distribuição

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Normatizar e orientar o corpo técnico na área de permissão/ concessão das Cooperativas conveniadas, designadas como COOPERATIVAS DO SISTEMA FECOERUSC, orientando para operação do COD;

    Definir os recursos mínimos de comunicação de voz e dados entre os departamentos de operações envolvidos;

    Garantir que os sistemas de distribuição operem com segurança, eficiência, qualidade e confiabilidade;

    Propiciar o acesso aos sistemas de distribuição, assegurando tratamento não discriminatório entre as equipes, aos operadores e aos demais departamentos;

    Estabelecer requisitos para intercâmbios de informações entre agentes setoriais, assegurando o fluxo de informações adequadas à ANEEL.

    Visualizar documento
  • FECO-D-08 Multiplexada BT: Ferragens e Acessórios

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Definir os requisitos mínimos exigíveis para qualificação e aceitação das ferragens e acessórios a serem utilizados em rede de distribuição aérea secundária multiplexada até 1 kV.

    Visualizar documento
  • ECO-D-09 Multiplexada de BT - Cabos de Potência

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Esta norma fixa os critérios e as exigências técnicas mínimas relativas à fabricação e recebimento de cabos de potência, de alumínio e cobre multiplexados, autosustentados, isolados com polietileno termofixo (XLPE), para circuitos aéreos de distribuição de energia, tensões elétricas 0,6/1kV.

    Visualizar documento
  • FECO-D-12 Rede Compacta de Distribuição de Energia Elétrica Ferragens e Acessórios

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Estabelecer os requisitos mínimos exigíveis para qualificação e aceitação das ferragens e acessórios a serem utilizados nas estruturas de Redes de Distribuição Aérea Compacta Protegida nas classes de tensões de 15 kV e 25 kV das Cooperativas conveniadas à Federação das Cooperativas de Energia do Estado de Santa Catarina – FECOERUSC. Essa padronização  visa proteger a rede de distribuição de agentes externos que provoquem desligamentos, melhorando as condições de segurança para operadores e transeuntes.

    Visualizar documento
  • FECO-D-13 Rede Compacta Cabos de Potência e Cabos Mensageiros

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Esta Norma fixa os critérios e as exigências técnicas mínimas relativas à fabricação e recebimento de cabos de potência, de aço-alumínio, aço-zincado e alumínio-liga, cobertura com material polimérico, resistente ao trilhamento elétrico e às intempéries. Está Norma define ainda os requisitos mínimos de qualificação e a aceitação de cabos mensageiros para circuitos aéreos compactos de distribuição de energia elétrica, com classes de tensões elétricas de 15 kV, 25 kV e 35 kV.

    Visualizar documento
  • FECO-D-14 Participação Financeira

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Essa norma tem por objetivo estabelecer critérios e procedimentos para determinar o custo das obras no sistema de distribuição de energia elétrica, em toda área de concessão/permissão das Cooperativas de Energia Elétrica do Estado de Santa Catarina filiadas a FECOERUSC, atribuir a responsabilidade pelo custeio das referidas obras, calcular o encargo de responsabilidade da COOPERATIVA e definir o valor da participação financeira do consumidor.

    Visualizar documento
  • FECO-D-15 Instalação de Banco de Capacitores de BT

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Essa norma tem por objetivo estabelecer critérios para projeto de melhoria do fator de potência nas instalações elétricas das Unidades Consumidoras através da instalação de banco de capacitores em baixa tensão, em toda área de concessão/permissão das Cooperativas de Energia Elétrica do Estado de Santa Catarina - FECOERUSC, de modo a assegurar as condições técnicas, econômicas e de segurança necessárias ao adequado fornecimento de energia elétrica.

    Visualizar documento
  • FECO-D-16 Iluminação Pública

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Determinar a padronização de estruturas e fixar requisitos mínimos necessários para elaboração de projetos de iluminação pública em ruas, avenidas, praças, jardins, rodovias, estradas e demais logradouros de domínio público.

    Visualizar documento
  • FECO-D-17 Rede Aérea de Distribuição de Energia Elétrica Especificação de Materiais

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Esta norma visa o estabelecimento de critérios mínimos exigíveis para a especificação, fabricação, aquisição, recebimento e/ou aceitação de materiais para Redes Aéreas de Distribuição de Energia Elétrica nas classes de tensões de 15 kV e 25 kV das Cooperativas conveniadas à Federação das Cooperativas de Energia do Estado de Santa Catarina – FECOERUSC. Essa padronização visa, através da exigência de padrões mínimos de qualidade dos materiais, garantir a qualidade dos materiais adquiridos para utilização em redes aéreas nuas de distribuição de energia elétrica.

    Visualizar documento
  • FECO-D-18 Requisitos para a Conexão de Acessantes de Geração em Paralelo com o Sistema Elétrico

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    A presente Norma tem por objetivo apresentar requisitos técnicos básicos exigidos para a conexão ao sistema elétrico da FLUMINENSE, de tensão igual ou inferior a 138 kV, de produtores independentes de energia, autoprodutores de energia e cogeradores, denominados nesta Norma, de forma genérica, como acessantes de geração, com ou sem venda de excedente de energia.

    Visualizar documento
  • FECO-D-19 Atendimento ao Consumidor

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    I. Estabelecer as condições de atendimento ao público de forma pessoal e (ou) por meio da Central de Teleatendimento (CTA), na área de permissão/concessão das cooperativas conveniadas designadas como cooperativas do sistema FECOERUSC;

    II. Definir os recursos mínimos de comunicação de voz e dados entre departamentos de operação envolvidos;

    III. Estabelecer requisitos para intercâmbios de informações entre agentes setoriais, assegurando o fluxo de informações adequadas à ANEEL;

    Visualizar documento
  • FECO-D-20 Faturamento do Grupo B

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Estabelecer as condições de faturamento do Grupo B, na área de permissão/concessão das Cooperativas conveniadas designadas como COOPERATIVA DO SISTEMA FECOERUSC;
    Definir os recursos mínimos para a geração de dados de faturamento e análise da fatura.
    Estabelecer requisitos para intercâmbios de informações entre agentes setoriais, assegurando o fluxo de informações adequadas à ANEEL.
    Estabelecer os procedimentos a serem adotados pelas concessionárias e permissionárias de serviço público de distribuição de energia elétrica para o tratamento dos dados da fatura dos consumidores do Grupo B.

    Visualizar documento
  • FECO-D-21 Procedimentos para Atendimento de Ocorrências em Transformadores

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Estes procedimentos de operação deverão ser utilizados pelos operadores de subestação da COOPERATIVA, quando da atuação das proteções próprias dos transformadores, desligando disjuntores e, em consequência, isolando os transformadores.
    Para efeito desses procedimentos são consideradas como proteções próprias dos transformadores às proteções capazes de desligar simultaneamente os disjuntores da Baixa Tensão (BT) e/ ou Alta Tensão  (AT) do transformador. Existindo ou não chave de bloqueio (86) são consideradas as proteções conectadas através da referida chave. Entretanto, o objetivo fundamental destes procedimentos é diminuir o tempo de interrupção sem submeter pessoal e/ ou equipamentos a riscos desnecessários.

    Visualizar documento
  • FECO-G-01 Procedimentos para Partida de Usinas Hidrelétricas

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    Estes procedimentos de operação deverão ser utilizados pelos operadores de usina da COOPERATIVA, quando da necessidade de acionar um ou mais geradores hidrelétricos.

    Visualizar documento
  • FECO-G-02 Recomposição da Interligação da Subestação Elevadora

    NORMAS TÉCNICAS OFICIALIZADAS FECOERUSC e NORMAS TÉCNICAS

    A presente Norma tem por objetivo apresentar os procedimentos e as manobras necessários à recomposição da interligação da subestação elevadora com o sistema elétrico.

    Visualizar documento

Perto de você Só no Estado de Santa Catarina são 21 Cooperativas filiadas à Federação!

Ver filiadas
IR PARA
TOPO